[creditos:ab90b325f3]
Murilo Benício e Débora Falabella em "Nada Será Como Antes" (Estevam Avellar/Globo)[/creditos:ab90b325f3]
A partir desta terça-feira (27) tem inicio da Globo, a minissérie "Nada Será Como Antes". A produção de Guel Arraes e Jorge Furtado, escrita por Guel Arraes, Jorge Furtado e João Falcão e direção artística de José Luiz Villamarim, narra o drama romântico de Saulo (Murilo Benício) e Verônica (Débora Falabella), entremeado por outras histórias que também se passam nos bastidores da implementação da primeira tevê no Brasil.

- Publicidade -

Tendo como ponto de partida o seu extraordinário talento para farejar os desejos humanos, Saulo, de mero vendedor de rádio, inaugura a TV Guanabara, consagrando a novela uma paixão nacional. Isso quando nem o mais otimista dos visionários previa o acesso maciço das pessoas aos aparelhos de TV. Mas esse mesmo homem que constrói, do nada, uma fábrica de sonhos, não é capaz de realizar o mais simples e pessoal desejo: manter o casamento com Verônica, seu grande amor. Ao lado de Saulo, Verônica se torna a grande estrela das telenovelas. Mas é quando os holofotes se apagam que ela mostra sua real grandeza, rompendo com os papeis da vida real que a sociedade tenta impor.

"Nada Será Como Antes" estreia dia 27 de setembro e será exibida em 12 episódios, às terças-feiras, após "Velho Chico". A série traz no elenco Murilo Benício, Débora Falabella, Bruna Marquezine, Daniel de Oliveira, Osmar Prado, Cássia Kis, Bruno Garcia, Letícia Collin, Daniel Boaventura e Fabrício Boliveira, entre outros.

- Publicidade -