id Um assassinato em circunstâncias que seguem misteriosas depois de dezessete anos, duas mulheres – as únicas pessoas que sabem de toda a verdade – muito suspense e relações escusas entre os personagens. Estes são os elementos que definem o enredo de "Um Erro Inocente", minissérie de ficção que o Investigação Discovery estreia.


Cena da minissérie "Um Erro Inocente"
Divulgação/ID

Dividida em três episódios, a produção é baseada no livro "The Ice Cream Girls" ("As garotas do sorvete", em tradução livre), de Dorothy Koomson. A história começa no verão de 1955, quando Serena Gorringe, então com 16 anos, e Poppy Carlisle, 18, foram acusadas do assassinato de Marcus Hansley, professor que mantinha um caso com Serena. Poppy conhecia o relacionamento secreto e turbulento dos dois, assim como a personalidade manipuladora do professor. Em meio à comoção gerada pelo crime, as duas garotas que alegavam inocência foram levadas a julgamento. Apenas Poppy foi condenada; Serena continuou sua vida em liberdade, fugindo do passado ao sustentar uma vida aparentemente indefectível.

Poppy está em liberdade depois de passar dezessete anos na prisão. Ela inicia a busca por Serena, motivada pela intenção de trazer à tona o segredo que só as duas conhecem. Casada e mãe de uma menina, Serena faz de tudo para que não seja confrontada pelo passado sombrio que sua família desconhece, mas Poppy está determinada a acertar as contas e ser o lembrete constante do que houve com Marcus Hansley. O reencontro das duas pode definir seus destinos novamente. Revela-se uma trama de mentiras, onde todos os envolvidos têm algo a esconder, enquanto memórias remontam às atitudes que mudaram as vidas de Serena e Poppy para sempre.

"Um Erro Inocente" estreia dia 4 de maio, às 21h no Investigação Discovery.