- Publicidade -


Nesta semana, o Jornal da Band exibe a série especial “Japão, Vivendo no Futuro”. As reportagens vão transportar os telespectadores para um país que vive situações reais que parecem ficção.

- Publicidade -

Nas ruas, em qualquer esquina, máquinas de venda de alimentos oferecem todo tipo de refeição. Num shopping, os protótipos são expostos para que o público teste as novidades tecnológicas antes de chegarem ao mercado.
Mulheres podem fazer a prova virtual de vestidos na vitrine-espelho sem entrar na loja. Se faltar força para carregar muito peso, um homem pode pedir ajuda a um braço robótico.

As primeiras lições se aprendem na escola. E vão muito além das matérias curriculares. Desde pequenas, as crianças ajudam a manter a escola limpa. E, na hora do almoço, são elas mesmas que servem os colegas, num sistema de rodízio. Lições que ajudam a formar um povo que se mostra solidário, organizado e com grande capacidade de recuperação em situações extremas – como o terremoto seguido de tsunami que devastou a costa leste do Japão quatro anos atrás.

Mas esse país que quer crescer ainda mais vive um dilema: precisa de gente, porque a população está diminuindo. Para virar o jogo, ao mesmo tempo em que trata de cuidar de seus idosos, o governo japonês faz campanhas e projetos para convencer os jovens a casar e… ter filhos.

- Publicidade -