Neste domingo, dia 14 de maio, o Metrópolis entrevista a renomada cartunista Laerte Coutinho para falar sobre a estreia do primeiro documentário brasileiro original da Netflix, Laerte-se. A atração inédita, apresentada por Adriana Couto, vai ao ar às 19h, na TV Cultura e no canal do programa no YouTube.

- Publicidade -

Considerada uma das principais mentes criativas do Brasil, a cartunista Laerte tornou-se referência na luta pelos direitos de transexuais. Laerte-se, que estreia na plataforma de streaming dia 19 de maio, faz uma jornada pelas obras, pensamentos e inquietações da criadora de personagens conhecidos, como Piratas do Tietê e Overman. Em 2010, Laerte revelou sua identidade de mulher transexual, após viver 60 anos sendo identificada como homem, passar por três casamentos e ter três filhos.

No Metrópolis deste domingo, a cartunista traz detalhes sobre o documentário, que, além de acompanhar seu cotidiano, ainda fala sobre as complicações que giram em torno do que é ser mulher. O filme é dirigido pela cineasta Lygia Barbosa da Silva e pela jornalista Eliane Brum, que também assinam o roteiro com o dramaturgo Raphael Scire.

- Publicidade -