A série brasileira Mulheres em Ação, que estreia no Lifetime em 1º de setembro, segunda-feira, acompanhou durante quatro meses policiais femininas que trabalham na Polícia Militar, na Polícia Técnico-Científica e na Delegacia de Desaparecidos. Foram cinco equipes de produção simultâneas para registrar essas oficiais em diferentes momentos do trabalho, da investigação à prisão de criminosos, incluindo cenas de perseguição e troca de tiros com bandidos.

Ao acompanhar a rotina de policiais femininas, de diferentes escalões, a produção revela como elas pensam, agem e se impõem em um ambiente perigoso e tradicionalmente masculino. Cada episódio, de uma hora de duração, apresenta duas operações policiais em paralelo, em cidades como São Paulo, Porto Alegre (RS) e Santos (SP), entre outras.

O Lifetime exibirá os episódios inéditos às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 18h30. No episódios de estreia, a policial militar Gilmara de Oliveira promete a uma vítima de assalto que vai recuperar seu automóvel roubado. E, em um patrulhamento em Itaquera, na região leste de São Paulo, a policial tenta resolver a situação de um casal em uma ocorrência de desavença entre marido e mulher.