mtv Baseado no romance escrito pela alemã Juli Zeh, o desejo inicial era transformar "A menina sem qualidades" em uma peça, mas se transformou no projeto de uma grande série de 12 episódios, com um total de seis horas de duração. "A menina sem qualidades" é a primeira série de dramaturgia produzida pela MTV Brasil – em parceria com os Estúdios Quanta e Quanta Post. A estreia acontece em 27 de maio, serão exibidos quatro capítulos por semana, de segunda a quinta, às 23h.

- Publicidade -


Bianca Comparato estrela "A Menina sem Qualidades"
Divulgação/MTV Brasil

Na trama adaptada por Felipe Hirsch, Marcelo Backes e Renata Melo, os protagonistas Ana (Bianca Comparato), de 16 anos, e Alex (Rodrigo Pandolfo), de 18, chegam a se considerar pós-niilistas – nem no “nada” eles acreditam. Até nesse aparente vazio existe uma crença, como Hirsch ressalta, mas os dois demorarão a perceber isso. Em boa parte da série, eles acabam dominando colegas mais frágeis, como Toni (Geraldo Rodrigues) e Joana (Tutti Muller), magoando outros, como Olavo (Rodrigo Pavon), e confrontando professores da escola particular em que estudam, em São Paulo. O erudito Hoffmann (Eduardo Moreira), que dá aulas de História, tem um final trágico. O argentino Tristán (Javier Drolas, do filme “Medianeras”), que tem um passado de preso político durante a ditadura militar em seu país, corre esse risco ao se render a uma chantagem de Ana e Alex, mas acaba se envolvendo de verdade com a adolescente, que também começa a nutrir um sentimento que antes só tivera por uma amiga de outro colégio, Selma (Gabriela Poester).

Antes de Alex ingressar na turma, Ana é uma menina muito inteligente que não parece querer romper seu isolamento, chegando a ser agredida por colegas em função de seu comportamento tido como estranho. Também inteligente mas manipulador, Alex se torna popular na escola, atrai Ana, confere poder a ela e a convence a participar da perigosa sedução a Tristán. O objetivo dele é testar os limites das regras sociais e provar que tudo na vida é um jogo. A série trata de maneira muito direta de sexo entre adolescentes, violência psicológica, suicídio e outros temas que ainda podem ser vistos como tabus quando se encara o telespectador como mero consumidor.

Wagner Moura faz uma participação como o pai de Alex. Os personagens poloneses do romance viraram argentinos na série, e para interpretá-los Hirsch chamou atores reconhecidos no país vizinho. Além de Drolas, Inês Efron (“Medianeras”, “XXY”) vive Bianca, a sofrida mulher de Tristán.

"A menina sem qualidades" estreia dia 27 de maio, serão exibidos quatro capítulos por semana, de segunda a quinta, às 23h na MTV Brasil.

- Publicidade -