A terceira temporada da série "Conselho Tutelar" estreia na próxima segunda na Record. Os novos episódios serão ambientados no Rio de Janeiro e as manchetes dos jornais dão o clima do episódio do dia. A série mantém o tom de conscientização e alerta a pais, parentes e responsáveis sobre a importância de denunciar maus-tratos contra crianças e adolescentes.

- Publicidade -

Inspirada em fatos reais, a série dramática de ficção tem como tema o universo dos Conselhos Tutelares – Órgãos que compõem o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente – cheios de histórias dramáticas, heroicas e perturbadoras relacionando as crianças e seus responsáveis, justiça, polícia e sociedade em um emaranhado de interesses.

Dentre os casos a serem resolvidos nessa temporada estão a avó que se queixa que o genro não a deixa ver o neto, mas acaba se revelando algo assustador, que pode estar ligado a uma rede de pedofilia; um empresário de quinta categoria que quer compor um grupo de dançarinas menores de 18 anos; afastar um filho de seu pai, um poderoso empresário; duas crianças pequenas se vêem tendo que cuidar de seu pai, vítima de uma depressão profunda e combater uma rede de pedofilia na cracolândia.

O elenco conta com nomes como Roberto Bomtempo, Petrônio Gontijo, Paulo Gorgulho, Paulo VIlela, Cássia Linhares, Gabriela Haviaras e Andrea Neves. A 3ª temporada da série "Conselho Tutelar" estreia dia 1º de janeiro, às 22h30 com exibição de segunda a sexta.

- Publicidade -