Marcus Lemonis retorna à tela do History com a quarta temporada de "O Sócio" e novamente sai em resgate de empresas que estão à beira da falência, investindo seu próprio dinheiro para tentar recuperá-las. A injeção de novos recursos é bem-vinda, mas os proprietários terão de implementar as ideias de Lemonis, o que nem sempre é bem aceito por eles.

- Publicidade -

Sorveteria, fábrica de roupas, cadeia de restaurantes ou um negócio familiar, não importa o ramo da empresa que necessita da ajuda de Marcus Lemonis, ele sempre terá uma boa ideia ou conselho para dar e, além disso, está disposto a colocar milhões de dólares do seu próprio bolso para investir e tirar os novos sócios da ruína. No entanto, algo deve ficar claro, quando Marcus oferece uma solução, existem apenas duas alternativas: aceitar por completo ou desistir.

A fórmula de Lemonis parece simples: investir dinheiro em troca de uma parte da empresa e uma porcentagem dos lucros. Mas é difícil mudar o estilo de gestão daqueles que estão há anos seguindo o mesmo modelo operacional. Com o objetivo de salvar seu investimento e obter certos lucros, Marcus fará algumas mudanças que podem incomodar os donos do negócio. Porém, ele é um especialista, sabe o que está fazendo e, se os novos sócios levarem em consideração seus conselhos, sem dúvida o que era um mau negócio se transformará em uma empresa rentável.
Ao longo desta nova temporada de "O Sócio", os telespectadores irão descobrir os segredos de Lemonis para que uma empresa volte a crescer. E poderão se dar conta de que o sucesso de todo negócio está baseado nos três Ps: Pessoas, Processos e Produto.

A quarta temporada de "O Sócio" estreia dia 25 de abril, às 23h25 no canal History.

- Publicidade -