[creditos:265bc5f15b]
Obra célebre de Milton Hatoum estreia como minissérie na Globo (Divulgação)[/creditos:265bc5f15b]Na Manaus que recebe uma profusão de culturas entre as décadas de 1920 e 1980, tem lugar uma história intensa e passional sobre o cruzamento de afetos. Uma família que se estrutura a partir do nascimento dos gêmeos Omar (Enrico Rocha/ Matheus Abreu/ Cauã Reymond) e Yaqub (Lorenzo Rocha/ Matheus Abreu/ Cauã Reymond) e é destruída por causa da rivalidade extrema entre eles. São personagens que saltam das páginas de Dois Irmãos, célebre romance do escritor amazonense Milton Hatoum, para uma minissérie de 10 episódios, escrita por Maria Camargo e com direção artística de Luiz Fernando Carvalho.

- Publicidade -

Observando a família que se desintegra no mesmo ritmo das transformações que atingem Manaus até começarem a soprar os "ares de modernidade" trazidos pela criação da Zona Franca no fim dos anos 1960, não está um narrador qualquer. Filho de Domingas (Zahy/Silvia Nobre), menina indígena recolhida num orfanato para ajudar nas tarefas domésticas, Nael (Rian Cesar/ Irandhir Santos) é testemunha e ao mesmo tempo parte integrante da intimidade de um clã singular, pedaço do Líbano em plena floresta tropical.

Por meio da sua interpretação dos fatos e das memórias que seguem um caminho não linear, seguimos a trajetória do casal Halim (Bruno Anacleto/ Antonio Calloni/ Antonio Fagundes) e Zana (Gabriella Mustafá/ Juliana Paes/ Eliane Giardini), libaneses que vivem junto ao agitado porto de Manaus. Mascate, ele é mais um dos estrangeiros, entre libaneses, sírios e judeus marroquinos, que frequentam o restaurante do pai dela, Galib (Mounir Maasri), instalado no térreo do sobrado onde moram. O sonho de Halim é conquistar a bela e jovem Zana, que desliza como uma gazela pelo salão sem lhe lançar um olhar sequer.

Diferentes na essência, mas idênticos na aparência, os gêmeos acabam diferenciados pela tragédia. Uma sessão de cinematógrafo na casa de Estelita (Maria Fernanda Cândido/ Carmem Verônica) e Abelardo (Emilio Orcciolo Neto/ Ary Fontoura) promete momentos de diversão. Mas a ficção cômica projetada dá lugar à exposição pública da tensão que existe há anos entre os irmãos, agora reforçada pela disputa por Lívia (Monique Bourscheid/ Bárbara Evans). No fim da tarde, os ventos da floresta são intensos e trazem a chuva que, impiedosamente, causa uma queda brusca na energia elétrica. Quando as luzes se acendem, os lábios de Lívia e Yaqub estão colados. Tomado por ciúme e ódio, Omar quebra uma garrafa e corta o rosto do irmão.

Da obra de Milton Hatoum, Dois Irmãos é uma minissérie de 10 episódios, escrita por Maria Camargo, com direção artística de Luiz Fernando Carvalho. Com estreia prevista para janeiro, a minissérie terá capítulos disponíveis antes pelo Globoplay.

- Publicidade -