- Publicidade -

A Oi selecionou mais 100 municípios do Brasil onde serão disponibilizadas a partir desta terça-feira (1º/11) novas ofertas do Oi Velox, com foco na ampliação do acesso à banda larga no Brasil, promovendo a inclusão digital e reduzindo as desigualdades sociais e regionais no país. As ofertas seguem o que estabelece o Termo de Compromisso de adesão ao Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), firmado pela Oi junto ao Ministério das Comunicações e à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Por iniciativa do Governo Federal, o PNBL orientará o processo de popularização da internet no Brasil.

- Publicidade -

No Mato Grosso, quatro municípios foram selecionados para receber as novas ofertas do Oi Velox nos moldes do PNBL a partir desta terça-feira: Jangada, Nova Canaã do Norte, Nova Lacerda e Nossa Senhora do Livramento. Em dezembro, a Oi anunciará mais 100 municípios no Brasil que serão beneficiados, totalizando 300 municípios no país atendidos até o fim do ano.

No primeiro semestre de 2012, mais 900 municípios serão beneficiados e, até o fim de 2014, as ofertas estarão disponíveis em todos os 4.800 municípios da área de atuação da Oi.

O Oi Velox nos moldes do PNBL oferece velocidade de 1Mbps e custa R$ 35 reais por mês. Nos estados em que for concedida isenção de ICMS para serviços de banda larga a oferta é feita a R$ 29,90 mensais. Em ambos os casos, o cliente não precisa pagar pelo modem, cedido em regime de comodato. O cliente tem também a opção de escolher um provedor de acesso gratuito, conforme lista de empresas que atuam em parceria com a Oi, ou pagar por esse serviço, caso prefira um provedor que também seja parceiro da companhia mas cobre pelo serviço.

Conforme previsto no termo de adesão ao PNBL, o cliente pode optar também por uma oferta de serviços que inclua, além do Oi Velox nos moldes do PNBL, o Oi telefone fixo. Os detalhes sobre as condições comerciais das ofertas estão disponíveis no site da companhia (www.oi.com.br) e também podem ser consultados por meio de um número de televendas com ligação gratuita (0800 031 0001), que atende os interessados em adquirir as novas ofertas.

Nas cidades beneficiadas, o serviço está disponível para novos clientes e também para os já assinantes. Para facilitar a adesão ao serviço, a Oi parcelou o valor da habilitação em dez vezes de R$ 9,90 por mês na fatura do plano. Em atendimento ao compromisso assumido com o Governo Federal, o limite de download mensal, inicialmente estabelecido em 500 Mbytes, terá que ser dobrado para 1Gygabyte a partir de junho de 2013.

A companhia adotou uma estratégia de comunicação dirigida aos moradores das cidades atendidas, de forma a garantir uma ampla divulgação do serviço. Essa estratégia segue o padrão que a Oi já utiliza em suas campanhas para outros serviços, cujos anúncios continuarão sendo feitos normalmente nas demais cidades do país.

Além do investimento que a companhia está fazendo no programa de banda larga popular para massificar esse serviço no país, a Oi continuará investindo na oferta de banda larga de alta velocidade. Neste caso, o objetivo é atender aos usuários que necessitem de bandas maiores, que permitam combinar serviços de voz, dados e TV, incluindo a oferta de FTTH para o ano que vem. Hoje a Oi já oferece o serviço Oi Velox nas velocidades de 10Mb, 15Mb e 20Mb na maioria dos estados. Para a Oi, o mais importante é garantir banda larga de qualidade, com a maior cobertura possível, tanto nas áreas de maior concentração de consumo urbano quanto nas de menor concentração.

- Publicidade -