No ano em que completa duas décadas, "Por Amor" ganha mais uma exibição no Viva. A partir de segunda (08), a trama de Manoel Carlos ocupa o lugar de "Pai Herói". A novela enfatiza a multiplicidade de temas delicados, que vão desde o racismo até a bissexualidade, e reúne crônicas do cotidiano como o amor incondicional de uma mãe pela filha.

- Publicidade -

Regina Duarte é a Helena da vez – ao todo, a atriz interpretou três escritas por Maneco – e, assim como na vida real, é mãe de Gabriela Duarte, que vive a personagem Maria Eduarda. Helena é mais do que mãe, é a melhor amiga da moça. As duas vivem um dilema toda vez que a mãe tenta convencer Maria Eduarda a aceitar Orestes (Paulo José) como pai, um viciado em bebida que ela não se cansa em julgar. Enquanto Helena é forte e resistente, a filha é sensível e mimada, mas sempre tem a mãe como protetora.

O ápice de "Por Amor" acontece na maternidade, quando uma tragédia abala o nascimento dos bebês. Maria Eduarda tem várias complicações no parto, seu útero fica comprometido e a criança não sobrevive. Antes de a situação vir à tona, Helena decide fazer mais um sacrifício pela filha: implora para César (Marcelo Serrado), médico da família – apaixonado desde a infância por Maria Eduarda -, colocar seu bebê no lugar do neto. Repleta de drama, a cena mobilizou o país e entrou para a lista das mais icônicas da teledramaturgia brasileira. O segredo fica apenas entre Helena e César, que carregam a culpa ao longo da novela.

Ambientada no Rio de Janeiro, com destaque para os bairros Leblon e Barra da Tijuca, a produção é composta por personagens emblemáticos. Coube a Susana Vieira eternizar Branca Letícia, a vilã de cabelo loiro platinado e de humor inconfundível. "Por Amor" ainda conta com as armações da descontrolada Laura (Vivianne Pasmanter) para arruinar o relacionamento de seu ex Marcelo (Fábio Assunção) com Maria Eduarda. Já o casal Milena e Fernando, interpretado por Carolina Ferraz e Eduardo Moscovis, virou sensação com as cenas do tórrido romance proibido. Paulo José é o alcoólatra Orestes que, renegado pela filha mais velha, Maria Eduarda, consegue conforto nos braços da mais nova, Sandrinha, papel que revelou o talento de Cecília Dassi – na época com sete anos. A comédia e o drama também são representados por Françoise Forton como a divertida emergente Meg e Regina Braga na pele da batalhadora Lídia.

"Por Amor" estreia dia 08 de maio, com exibições de segunda a sábado, às 23h30 no canal Viva.

- Publicidade -