A psicóloga da seleção brasileira, Regina Brandão, tenta explicar o que deixou os jogadores com as emoções à flor da pele durante a disputa da Copa do Mundo. No programa Roda Viva desta segunda feira (14/7), às 22h ao vivo, os apresentadores irão debater o comportamento do time frente aos desafios que surgiram durante a competição.

A preparação psicológica dos jogadores, a pressão por jogarem em seu país de origem e a frustração por não chegarem à final são alguns dos assuntos da sabatina.

Psicóloga há mais de 20 anos, Brandão se especializou em psicologia do esporte no Instituto Superior de Cultura Física de Havana, em Cuba, e é o principal nome da área no Brasil. Trabalhou com técnicos como José Roberto Guimarães, Celso Roth, Paulo Autuori e Carlos Alberto Parreira. Em 1998, prestou assessoria para o Palmeiras sob o comando de Felipão e, quatro anos depois, trabalhou na seleção durante a campanha do pentacampeonato. Também ajudou na preparação da seleção de Portugal para a Eurocopa de 2004 e Copa do Mundo de 2006.