discovery Um dos maiores sucessos do Discovery no Brasil e nos Estados Unidos, "Febre do Ouro" retorna à grade com a estreia da quarta temporada. Nos novos episódios as equipes lideradas por Todd Hoffman, Parker Schnabel e Fred Hurt, o "Dakota", seguem caminhos completamente diferentes, embora todos adotem a mesma estratégia ousada de partir para o “tudo ou nada”.

- Publicidade -


Nova temporada de "Febre do Ouro" no Discovery
Divulgação/Discovery

Apesar de extrair 25 quilos no ultimo ano, o equivalente a 1,2 milhão de dólares, Todd esperava números maiores. Agora, ele coloca em risco a vida de toda a equipe, incluindo a sua própria, na audaciosa tentativa de extrair ouro na selva da Guiana. Parker Schnabel teve um ano difícil em 2013. Ele mal conseguiu cobrir custos com os seis quilos que extraiu ao longo de toda a temporada de mineração. Aos 18 anos, ele aposta todas as suas economias, em um território ainda não explorado em Klondike, comprado de um personagem lendário da região, Tony Beets, ‘o Viking’. Cinco quilos de ouro foram extraídos por Fred Hurt, o "Dakota", na última temporada – para os “Dakota Boys” o número é baixo. Neste ano, eles corram atrás do prejuízo assumindo um desafio colossal: Dustin sobe as montanhas do Alasca para explorar uma mina lendária, que acreditam ser a fonte de todo o ouro de Porcupine.

A quarta temporada de "Febre do Ouro" estreia dia 18 de março, às 22h20 no Discovery.

- Publicidade -