A Rede Record emitiu nesta sexta-feira, dia 22 de janeiro, um comunicado sobre a acusação de ter alterado dados do Ibope para favorecer seu portal de notícias, o R7, em matéria exibida no último domingo. Confira abaixo a íntegra do comunicado:

"Em razão da matéria publicada no Portal Imprensa em 21 de janeiro, o Grupo Record de Comunicação vem a público esclarecer que:

Não é verdade que a matéria exibida pelo programa Domingo Espetacular no dia 17 de janeiro, sobre a audiência de portais da internet, tenha sido distorcida em favor do R7, que também pertence ao Grupo Record. O Portal Imprensa divulgou ontem que, motivados por essa suposta distorção de dados, UOL, Terra e Globo teriam decidido notificar a Rede Record.

Segundo o Portal Imprensa, os concorrentes do R7 criticam o fato de a reportagem do Domingo Espetacular ter comparado a audiência de um portal completo (R7) com os índices de portais de notícias (G1, UOL Notícias, Terra Notícias, Último Segundo). O Ibope também discorda da comparação.

O que a reportagem faz, ao ter acesso a dados exclusivos dos assinantes do Ibope, é seguir a lógica que condena. Compara o R7 com portais horizontais como Globo.com, UOL, Terra e IG. Como é de conhecimento público, o R7 é um portal vertical que ainda não contempla ferramentas como e-mail, provimento de acesso, salas abertas de chat e outros serviços oferecidos e comercializados por esses portais horizontais. O R7 classifica o conteúdo de acordo com a realidade. Não trata serviços como se fossem notícias.

A verdade é que a comparação dos dados apresentada pelo Domingo Espetacular é a justa: traçar uma régua de comparação entre conteúdos semelhantes. Ou seja, com aquilo que existe de fato. O que não é correto é comparar a audiência de canais de portais horizontais unicamente com a do canal de notícias do R7, como fez o Portal Imprensa.

O Grupo Record de Comunicação reafirma o êxito do portal R7 após 100 dias no ar. Os internautas brasileiros são testemunhas deste sucesso."