- Publicidade -

Olá, internautas

- Publicidade -

Com o encerramento de “Gênesis”, a Record TV enfrentou um desafio. A faixa das 21 horas não tinha uma produção a ser exibida após o último capítulo da superprodução.

A cúpula do canal decidiu iniciar a reprise dos momentos mais significativos de “Gênesis”, que mal saiu do ar, além de resgatar trechos de “Os Dez Mandamentos”, que atualmente compõe a grade da TV Brasil (no mesmo horário), e “A Terra Prometida”. O material ganhou o título de “A Bíblia”.

A decisão equivocada já aparece nos índices de audiência. Raramente, a Record TV conquista, agora, dois dígitos na faixa horária.

A nova produção “Reis” somente irá ao ar a partir do final de fevereiro. Não pegará o embalo de “Gênesis”. Neste interim, diante das circunstâncias, a emissora deveria ter apostado em alguma produção internacional para tapar o buraco.

“Quando Chama o Coração” obtém bons índices de audiência com conteúdo inédito. Teria sido uma melhor saída. “A Bíblia” somente desgastará a faixa horária.

Fabio Maksymczuk

- Publicidade -