sesctv Premiado cineasta e considerado um dos mais relevantes documentaristas brasileiros, Eduardo Coutinho, morto ontem, é homenageado no canal de televisão por assinatura SescTV entre hoje e o dia 10 de fevereiro. O canal exibe entrevista com o cineasta em episódio da série Sala de Cinema e os programas A Era do Híbrido e Operário Ontem e Hoje, da série Contraplano, que discutem temas a partir de filmes, dentre eles, longas do Coutinho. As séries têm direção de Luiz R. Cabral.

[creditos:0ec185cfad]
Divulgação / SescTV[/creditos:0ec185cfad]

O episódio Eduardo Coutinho, da série Sala de Cinema, conversa com o cineasta que produziu e roteirizou mais de 20 filmes, entre eles: “Cabra Marcado para Morrer” (1984), de ficção, baseado em fatos reais, cujas gravações foram interrompidas pelo Golpe Militar de 1964, e só retomadas duas décadas depois; “Babilônia” 2000 (2001); “Edifício Master” (2002); e “Jogo de Cena” (2007). Coutinho esclarece a abordagem analítico-expositiva e o traço político desses e de outros trabalhos. A atração vai ao ar nos dias 03/02, segunda, às 20h; 05/02, quarta, às 3h; 07/02, sexta, às 16h; 08/02, sábado, às 20h; e 09/02, domingo, às 16h.

Na série Contraplano – que mostra debate sobre como o cinema interpreta a vida e produz mundos -, o episódio O Operário Ontem e Hoje discute a imagem do operário brasileiro ao longo do tempo. O tema é abordado pelo cineasta Ugo Giorgetti e pelo psicanalista Tales Ab’Saber a partir dos filmes Eles Não Usam Black-Tie (1981), de Leon Hirszman; O Homem que Virou Suco (1980), de João Batista de Andrade; Garotas do ABC (2003), de Carlos Reichenbach; e Peões (2004), de Eduardo Coutinho. O programa vai ao ar nos dias 04/02, terça, às 19h; 05/02, quarta, às 23h; e 10/02, segunda, à 01h.

Para debater o tema A Era do Híbrido, a série Contraplano recebe o professor de filosofia Celso Favaretto e o poeta e tradutor Geraldo Carneiro, que falam sobre as fronteiras entre a ficção e a realidade, que cada vez mais parecem desaparecer, a partir dos filmes Juízo (2007), direção de Maria Augusta Ramos; Jogo de Cena (2007), de Eduardo Coutinho; Morro do Céu (2009), de Gustavo Spolidoro; e O Céu sobre os Ombros (2011), de Sérgio Borges. O episódio vai ao ar nos dias 04/02, terça, às 24h; 05/02, quarta, às 20h; e 10/02, segunda, à 01h.