A TV Globo estréia nesta sexta-feira, dia 2, após o Globo Repórter, a série "O Sistema". A produção escrita por Alexandre Machado e Fernanda Young mistura muita ação, comédia, aventura, ficção científica e suspense. Selton Mello, Ney Latorraca, Zezé Polessa, Betty Gofman, Graziella Moretto, Maria Alice Vergueiro, Lúcia Bronstein, Maíra Dvorek e Gregório Duvivier compõem o elenco da série de seis episódios.

O que será que está por trás de tudo aquilo que tem alguma coisa por trás? Essa é a pergunta que inspira Trash (Lúcia Bronstein), Paca (Maíra Dvorek) e Professor Avenarius (Gregório Duvivier), três vítimas do sistema. Eles formam um grupo de jovens que foram excluídos do sistema, ou seja, tiveram seus dados bancários apagados, carteiras de motorista cassadas e serviços de luz, água e telefone cortados. De alguma forma, eles irritaram o sistema e por isso foram deletados de todos os bancos de dados.

Por vingança, a estratégia dos sabotadores é incomodar o sistema com manifestações pacíficas. Podem ser danças esquisitas para as câmeras de vigilância de bancos ou supermercados. Quem sabe ativar todos os alarmes das portas de lojas em um shopping ao mesmo tempo? Ou interromper uma sessão de cinema para passar uma mensagem ao público sobre as mentiras criadas pelo sistema?

Os sabotadores raptam – ou resgatam – o pacato fonoaudiólogo Matias (Selton Mello) e sua secretária Leda (Maria Alice Vergueiro), que imediatamente se tornam integrantes do grupo. Afinal, Matias também é um excluído e não entende por que desapareceu de todos os cadastros do dia para a noite. Assim como as outras vítimas, ele não consegue passar cheques, usar cartões de crédito, fazer ligação do seu celular nem ter energia elétrica em seu consultório. Todos os serviços foram cortados em menos de 24 horas.

Foto: Divulgação