Sair do país natal não é uma decisão simples de ser tomada. Cientes do tamanho desse desafio, José Joffily e Pedro Rossi dirigem "Caminho de Volta", um delicado ensaio sobre os sentimentos de compatriotas desejosos por voltar a suas origens. Os cineastas acompanham o cotidiano de dois brasileiros, com malas prontas para realizar o caminho de volta – rota supostamente menos tortuosa do que a ida.

O fotografo André Câmara vive há mais de 20 anos em Londres. A crise econômica na Europa diminuiu suas oportunidades de trabalho, e ele planeja voltar ao Brasil para reencontrar a família. O retorno, no entanto, não é simples. O filme acompanha discussões do retratista com uma ex-mulher sobre pensão e divisão de bens, e com a atual esposa, com quem tem um filho pequeno. Entre a vontade de desembarcar no Rio de Janeiro e a realidade está a necessidade de lidar com as dificuldades da mudança – Emily, seu atual cônjuge, não fala português, e o questiona constantemente sobre como realizar a viagem.

Maria do Socorro Monteiro deixou a vida no Brasil para acompanhar seu filho, Fernando, nos Estados Unidos. Encantado pelo poder de sedução do sonho americano de prosperidade através do trabalho, ele mudou-se há mais de duas décadas para Nova Iorque, onde trabalha como porteiro. Longe do perfil de turista, a mãe passa os dias trancada no apartamento onde moram, e nas poucas tomadas fora do lar mostra nenhuma desenvoltura ao falar inglês. Ela pensa em voltar à sua terra natal, apesar de afirmar ter aprendido a gostar da cidade que nunca dorme, mas só o faz após a nova esposa dele chegar, para não o deixar sozinho. A falta de afinidade com o país, contudo, é visível em ambos.

Caminhando pelo eixo entre Brasil, Inglaterra e Estados Unidos, o filme constrói seu roteiro a partir de depoimentos registrados por uma câmera onipresente no cotidiano de seus personagens. "Caminho de Volta" estreia dia 11 de abril, às 22h no Canal Brasil.