maisglobosat A luta pela sobrevivência de um casal de corujas brancas para criar seus filhotes no imprevisível e implacável Círculo Polar Ártico é a trama de "Corujas – Rainhas do Norte". O documentário inédito, que estreia no +Globosat, conta a jornada do casal e de sua ninhada em busca de alimentos, em um período de escassez de presas. Eles enfrentam ursos polares, milhões de mosquitos e até atravessam a nado o Rio Tundra. O diretor Matt Hamilton e o cinegrafista Michael Male passam por diversos desafios para encontrar um casal dessa espécie, como viajar sobre o mar por geleiras derretendo no curto verão do Ártico.


Corujas são destaque de documentário do +Globosat
Divulgação/+Globosat

O filme começa com imagens incríveis das jovens corujas brancas aperfeiçoando suas habilidades, se preparando para os desafios de enfrentar um dos ambientes naturais mais hostis do planeta, ao longo de todo o ano. Nenhuma outra coruja é capaz de sobreviver a condições tão extremas. Quando chega o verão, o casal tenta procriar em meio a situações adversas, uma vez que essa espécie se alimenta de um roedor específico da região, conhecido como lemingue marrom.
Devido ao clima nada amigável, o pequeno roedor se encontra em quantidades tão baixas que o casal do documentário é o único par vivendo na área, na qual, em melhores temporadas, pode ser lar para mais de trinta ninhos de corujas brancas. O determinado casal traz ao mundo cinco filhotes e, então, a aventura começa na luta pela manutenção da espécie. Será que eles vão conseguir superar todos os desafios e sobreviver?

"Corujas – Rainhas do Norte" estreia dia 20 de março, às 17h no +Globosat.