discovery Enquanto se preparavam para as principais ameaças a grandes eventos internacionais, entre elas o terrorismo e o tráfico, as equipes de segurança pública do Rio de Janeiro tiveram todo seu planejamento questionado por conta da onda de violência que atingiu a cidade durante as manifestações populares deflagradas em 2013. O panorama deste momento crítico e a análise sobre as alternativas possíveis a menos de cem dias do início da Copa do Mundo são o foco de "Rio de Janeiro: Segurança em Jogo – Parte 2", especial que vai ao ar no Discovery Channel.


Cena do especial "Rio de Janeiro: Segurança em Jogo – Parte 2"
Divulgação/Discovery

Com uma hora de duração, a coprodução entre Discovery e Mixer reúne depoimentos exclusivos de fontes oficiais como José Mariano Beltrame, Secretário de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Trezza, Diretor Geral da ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) e o Tenente-Coronel da Tropa de Choque, Fábio Souza. O consultor em segurança pública Paulo Storani também compõe o quadro analítico do especial, como fonte não vinculada às instâncias oficiais. O recorte do documentário compreende o momento conturbado em que ocorreram a Copa das Confederações, diversas manifestações populares que terminaram em confrontos violentos e o “caso Amarildo”, o auxiliar de pedreiro que desapareceu enquanto detido pela polícia militar na Favela da Rocinha.

Na preparação para eventos internacionais, é necessário assegurar que as delegações e turistas estejam protegidos na terra, no ar e no mar. O especial revela os esforços conjuntos entre as equipes táticas, de inteligência, antiterrorismo, polícias federal e militar para monitoras o espaço aéreo, a Baía de Guanabara, os estádios e ruas – equipamentos de última geração, como o raio-X que revista os veículos nas arenas, e profissionais vindos de outros estados e países estão entre os reforços.

"Rio de Janeiro: Segurança em Jogo – Parte 2", especial que vai ao ar dia 22 de março, às 20h40 no Discovery Channel.