natgeo Com o mote "Não é Certo. Não é errado. É Tabu", a terceira temporada da série "Tabu Brasil" chega à tela do canal de televisão por assinatura Nat Geo na terça-feira, dia 22 de abril, às 22h30, trazendo sete comportamentos atuais e urbanos que, muitas vezes, são inaceitáveis no convívio em sociedade.

Assuntos cuja discussão costuma ser evitada pela população em geral são abordados em episódios inéditos. Personagens da vida real expõem suas vidas falando sobre o que os tornam tabus. Amor livre, partos polêmicos, aids, mulheres na prisão, humanização pet, superdotados e obesidade são os temas desta nova temporada, que exibe um episódio inédito de uma hora por semana.

"A cada temporada tentamos trazer algum diferencial. Nesta com temas urbanizados e que refletissem o que o mundo moderno trouxe de tabus", afirma Paulo Franco, vice-presidente de Programação e Conteúdo da Fox International Channels Brasil.

Mulheres que arriscam a vida, recusam a medicina convencional e emprestam corpos de outras mulheres para realizar o sonho da maternidade. Casamentos consanguíneos, pessoas que mantém relacionamentos múltiplos e uma avassaladora paixão entre um homem e uma transexual. Animais de estimação tratados como verdadeiros seres humanos. As enormes dificuldades e diferentes habilidades presentes no universo de pessoas superdotadas. A epidemia da obesidade que afeta a saúde e o convívio social, mas que pode ser vista por alguns como oportunidade. Jovens, mulheres e idosos passam a ser grupos de risco do silencioso vírus da AIDS. A cada episódio, o programa mostra três personagens que se contrapõem em um mesmo tema, além de especialistas analisando esses tabus.